Jan 132010
 
Vélib ecologia e transporte público

Nicolas Valentin

O Vélib, maior sistema aberto de uso de bicicletas do mundo, foi criado em 2007 em Paris. Com 20  mil bicicletas disponíveis em quase 1.500 estações (com no máximo 300 metros de distância) é um sucesso no transporte público ecologicamente correto.

Já no primeiro ano 10% das viagens substituíram o uso de carros, economizando US$10 milhões ou aproximadamente10 milhões de quilometros em viagens de carro. Decisivamente, contribui para a melhoria da qualidade de vida e para a redução da poluição na cidade.

O Vélib  tem 100 mil usuários por dia gerando, entre manutenção básica e outros serviços, 1.500 consertos. Infelizmente a depredação e o roubo (ainda que apenas 15 bicicletas são roubadas por dia), elevam o custo de manunteção.

Mas ainda assim vale a pena! Além da economia no uso de carros, há que se contabilizar a redução da emissão de CO2 e do uso de combustível fossíl e a receita gerada por 200 mil usuários que pagam uma taxa de US$50 por ano para utilização do Vélib.  A prefeitura arrecada US$10 milhões por ano.

Em 2010 /2011,  a prefeitura de Paris pretende lançar o Autolib destinado ao aluguel de 4 mil carros elétricos em 700 estações na cidade. Visto como concorrência ao Vélib o plano enfrenta duras críticas.

Vélib Paris

Nicolas Valentin

Por outro lado, Londres já anunciou que também adotará o sistema de aluguel de bicicletas neste verão. Inicialmente, disponibilizará 6.000 bicicletas em estações de metrô e outras localidades. O financiamento será público, exigindo 75 milhões de libras em novas receitas, além da publicidade nas bicicletas. Serão criadas doze ciclovias dos bairros para o centro, onde haverá zonas em que carros deverão dar passagem para as bicicletas.

A busca pelo desenvolvimento sustentável já faz parte do dia-a-dia de algumas cidades. Tomara que estas experiências positivas se multipliquem!

Share

Sobre a autora:

Sueli Chiozzotto é formada em engenharia de produção pela Escola Politécnica da USP, tem MBA pela Universidade da California em Berkeley e é sócia da MGM Partners, onde desenvolve projetos nas áreas de sustentabilidade, responsabilidade e investimentos sociais para empresas, fundações e ONGs.

  3 Responses to “Vélib: sistema de aluguel de bicicletas em Paris agora em Londres”

  1. Este sistema já existe nos Estados Unidos em Denver, Minneapolis e Washington/D.C. e deve ser lançado em Nova York e em São Francisco.
    Em Nova York haverá 10 mil bicicletas com GPS, ligadas a uma rede wireless, espalhadas em 600 estações “solares”. O sistema incluirá assinaturas mensais e aluguel por hora. Inicialmente o investimento é de empresas privadas, mas se der certo, um sistema mais completo deverá estar pronto em abril de 2012.
    Boa notícia!!!

  2. EXCELENTE SISTEMA, PENA QUE NO BRASIL NAO DARIA CERTO, PRIMEIRO PRECISA DE RUAS ADEQUADAS, SEGUNDO RESPEITO AOS CICLISTAS E POR FIM SE EM PARIS ROUBAM 15 BICILETAS POR DIA AQUI SERIA MAIS OU MENOS POR HORA.

  3. Antonio,
    Obrigada pelo comentário!
    Coincidentemente acabei de assistir a uma entrevista com alguns bikers paulistas que comentavam que as coisas estão melhorando: em alguns bairros há boas possibilidades de andar de bicicleta pelo trânsito e que a maioria dos motoristas já estão respeitando mais os ciclistas. Quem sabe em alguns anos infraestrutura e cidadania, não tornam o ciclismo uma realidade em São Paulo e no Brasil?

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)