Oct 062010
 

Desenvolvimento e negócios Baseando-se em sua última década de experiências sobre sustentabilidade corporativa, o World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) lançou em julho de 2010 “Business and Development:  challenges and opportunities in a rapidly changing world”.

O trabalho analisa o papel dos negócios na promoção da sustentabilidade, da economia inclusiva e de baixo carbono e do uso mais eficiente de recursos e energia nos países em desenvolvimento, onde bilhões de pessoas ainda enfrentam a pobreza(1) e a fome. Outros desafios / oportunidades identificados são aqueles relacionados ao aumento da demanda por alimentos, serviços de saúde, água, saneamento, habitação, energia, transporte e comunicação(2) e da base da pirâmide(3).

Assim como a necessidade de regulamentação por parte dos governos e de parceria por parte dos investidores, o trabalho indica os pontos mais críticos para empresas nestes países:

  • Prover suporte financeiro, tecnológico e para a construção de capacidades locais
  • Reconhecer e agir proativamente para o encaminhamento de questões socioeconômicas e de meio ambiente, gerenciando riscos e promovendo licença para operar, inovação e crescimento
  • Ter boa governança local, regional e global, promovendo estabilidade financeira, transparência, acesso à justiça, atendimento às legislações locais, honestidade e confiabilidade
  • Vencer diferenças entre interesses de países industrializados e em desenvolvimento e identificar oportunidades em sociedades estáveis e prósperas

Björn Stigson, presidente do WBCSD, espera que o relatório contribua para “reforçar ainda mais a contribuição dos negócios para o desenvolvimento através da criação de produtos, serviços e modelos de negócio inovadores… e estimule parcerias com o governo e com a sociedade para a melhoria dos padrões de vida no mundo em desenvolvimento enquanto preservando seus ecossistemas”.

Neste sentido o WBCSD tem desenvolvido várias iniciativas (ver: www.wbcsd.org), entre elas:

  • Redes regionais
  • Metas de desenvolvimento com governos
  • Mobilidade
  • Infra-estrutura urbana
  • Consumo sustentável
  • Água
  • Energia
  • Cimento
  • Value-chain incluindo a agregação de valor da rede de suprimentos e clientes
  • Desenvolvimento de mercados na base da pirâmide
  • Gestão sustentável dos ecossistemas
  • Produtos de florestas sustentáveis
  • Energia de baixo carbono
  • Medidas de impacto dos negócios
  • Eco-patentes
  • Parcerias
Veja o documento completo em: http://www.wbcsd.org/Plugins/DocSearch/details.asp?DocTypeId=251&ObjectId=Mzg1MDQ&URLBack=%2Ftemplates%2FTemplateWBCSD2%2Flayout%2Easp%3Ftype%3Dp%26MenuId%3DMzky%26doOpen%3D1%26ClickMenu%3DLeftMenu

 Notas:

(1)     De acordo com o Banco Mundial, em 2015 a população pobre (que vive com menos de US$1,25/dia) atingirá 15% da população mundial.  Atualmente um bilhão de pessoas vive em favelas do mundo em desenvolvimento.

(2)     Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), em 2050 a população global deve chegar a 9 bilhões de pessoas (85% do crescimento será no mundo em desenvolvimento, onde 5,3 bilhões de pessoas viverão em cidades).

(3)     O World Resources Institute (WRI) e o International Finance Corporation (IFC) estimam que 4 bilhões de pessoas estão na base da pirâmide, ou seja, recebem menos de US$3 mil/ano em termos de poder de compra local e não conseguem atender a muitas de suas necessidades básicas. Este mercado atinge, portanto a US$5 trilhões/ano.

pub-1943709444229966
Share

Sobre a autora:

Sueli Chiozzotto é formada em engenharia de produção pela Escola Politécnica da USP, tem MBA pela Universidade da California em Berkeley e é sócia da MGM Partners, onde desenvolve projetos nas áreas de sustentabilidade, responsabilidade e investimentos sociais para empresas, fundações e ONGs.

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)