Apr 012011
 

A 1ª. edição do Concurso OTEC de Eficiência Energética busca contribuir para a ampliação do conhecimento técnico das soluções energéticas que equilibrem conforto estético e térmico, economia e sustentabilidade de obras. Um dos 3 finalistas do concurso é a equipe mineira formada pelos engenheiros Marco Tulio Vasconcellos, Patricia Vasconcellos, Miquéias Assunção e Luciana Maron; arquitetos Silvio Romero Motta, Adalgisa Mesquita e Mariana Messina e pela administradora Gisela Farhat da  Creato Consultoria e Projetos.

fotovoltaicos

Detalhe do vidro microfurado e painéis fotovoltaicos redondos móveis da fachada

Juntos, eles criaram um projeto de revitalização do edifício Paulo de Tarso Montenegro, que abriga há 11 anos a sede do Ibope em São Paulo. As proposições apresentadas começam pela entrada do prédio, que ganhará uma fachada de vidro microfurado que permite a proteção solar e a circulação do ar. Na área externa, o projeto prevê a instalação de painéis fotovoltaicos para a geração de energia elétrica.

O projeto também contempla a modernização do sistema de ar condicionado, que passará a operar quase sem a utilização de energia elétrica da concessionária. A iluminação do edifício também passará a funcionar de forma mais eficiente e econômica. Outra inovação é a criação de uma área de vegetação no oitavo andar, com o objetivo de proporcionar um efeito estético e proteger contra a radiação solar.

Construir de forma sustentável proporciona controle e previsibilidade, o que resulta em ganhos financeiros e operacionais”, comenta Patricia Vasconcellos, uma das responsáveis pelo projeto. Para ela, “é importante considerar os custos do ciclo de vida de um produto, ao invés de focar apenas nos custos iniciais”, complementa. Em geral, construções inteligentes são cerca de 5 a 7% a mais caras do que obras convencionais.

A cerimônia de premiação será em 14/abr/2011 e a equipe vencedora receberá um prêmio de R$50 mil, além da possibilidade de ser contratada pelo proprietário do edifício, em parceria com o IBOPE, para desenvolver o projeto executivo de revitalização da construção.

Mais informações sobre o concurso em: www.concursootec.com.br

Artigo submetido pela assessoria de imprensa da Creato Consultoria e Projetos: creato@creato.com.br
Share

Sobre a autora:

Sueli Chiozzotto é formada em engenharia de produção pela Escola Politécnica da USP, tem MBA pela Universidade da California em Berkeley e é sócia da MGM Partners, onde desenvolve projetos nas áreas de sustentabilidade, responsabilidade e investimentos sociais para empresas, fundações e ONGs.
 April 1, 2011  Posted by on April 1, 2011 Energia Tagged with: , , ,  Add comments

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)